Blog de estilo, com estilo: a cereja do champagne.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Através do espelho

Não me refiro à Alice, nem ao País das Maravilhas. É mais para O Mundo de Sofia. No último final-de-semana, li Através do Espelho, de Jostein Gaarder, mesmo autor do livro da Sofia e, ao contrário deste, consegui ir até o final da leitura. Não foi menos chato nem mais interessante que O Mundo de Sofia. Na verdade, tão chato quanto.

A história em si é bem interessante, mas não consigo gostar do jeito como Jostein Gaarder desenvolve a narrativa: ela termina sendo muito, muito entediante. O livro, mas a experiência de lê-lo, não exatamente. Ele me deixou com algumas ideias em mente desde a primeira página, e eu realmente gostaria de transcrever um trecho aqui, um dos que não consigo esquecer:

"Os átomos que compõem o seu cérebro vieram do fogo das estrelas. Mas depois eles se agruparam de uma maneira extraordinária e se transformaram nisso que vocês, seres humanos, chamam de 'consciência'."


Há algum tempo atrás, li uma frase parecida de um físico norte-americano (talvez por isso não consiga esquecer nenhuma das duas, nem a do físico, nem a do livro): somos poeira de estrelas. Parece mágico, não parece? Mais um motivo para todos nós brilharmos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários me deixam feliz, escreva algo construtor, escreva algo inspirador :)